Conformidade regulatória e o futuro do marketing de influenciadores

Lea Hogg há 2 meses
Conformidade regulatória e o futuro do marketing de influenciadores

O marketing de influenciadores em mídias sociais tornou-se uma parte crucial da publicidade. No entanto, isso levou a desafios complexos, especialmente em setores como iGaming, onde existem regulamentações rigorosas. Um incidente recente envolvendo a influenciadora de mídia social Astrid Wett e Festival Free Bets, uma plataforma que compila ofertas de apostas, destaca essas complexidades.

Em março de 2024, a Autoridade de Normas de Publicidade do Reino Unido (ASA) criticou a Festival Free Bets por um anúncio promocional com Wett, que na época tinha 23 anos. O anúncio era para o Festival de Cheltenham, um evento importante de corrida de cavalos, e foi postado no X (anteriormente Twitter). A ASA afirmou que ao apresentar Wett, a Festival Free Bets violou a regra do Código CAP, que afirma que ninguém com menos de 25 anos deve desempenhar um papel significativo em comunicações de marketing para serviços de jogos de azar.

A ASA expressou preocupação com o aparente desrespeito da Festival Free Bets pelo Código, já que a empresa não respondeu à investigação. Wett pediu desculpas e admitiu que não estava ciente das restrições de idade para anúncios de jogos de azar. Ela havia assumido que ter mais de 18 anos era suficiente para promover esse tipo de conteúdo.

A ASA concluiu que o anúncio era irresponsável, pois pretendia facilitar o jogo e apresentava alguém com menos de 25 anos desempenhando um papel significativo. O órgão regulador ordenou à Festival Free Bets que não veiculasse o anúncio novamente em seu formato original e garantisse o cumprimento futuro das restrições de idade.

Este incidente reflete a necessidade crítica de os influenciadores e empresas no setor de iGaming estarem plenamente cientes e em conformidade com as regulamentações de publicidade. Também levanta questões sobre o futuro papel dos influenciadores nesta indústria.

A Índia restringe o marketing de influenciadores em iGaming

À medida que a Índia também exige maior responsabilidade dos influenciadores de mídia social que promovem apostas on-line, é natural questionar o futuro deste setor. Com reformas regulatórias em andamento, há a possibilidade de que as oportunidades nesta área diminuam. No entanto, também é possível que essas mudanças levem a uma indústria mais responsável e sustentável. O impacto dessas reformas ainda está por ser visto, deixando-nos a especular sobre o futuro do marketing de influenciadores em apostas on-line.

O marketing de influenciadores na indústria de iGaming está evoluindo para uma abordagem mais abrangente, na qual os criadores de conteúdo estão profundamente envolvidos na promoção de produtos. Esta mudança vai além dos tradicionais acordos CPA, nos quais os influenciadores são pagos com base nos resultados que entregam. Hoje, vemos criadores que usam produtos de iGaming que promovem regularmente e expressam entusiasmo genuíno por eles se tornando embaixadores da marca.

A indústria de iGaming, que inclui jogos de azar on-line, apostas esportivas e jogos de cassino, tem experimentado uma rápida expansão nos últimos anos. Em 2021, estima-se que a indústria valha US$ 61 bilhões anualmente, com projeções de uma taxa de crescimento de 86% até 2028. À medida que a indústria evolui, as marcas estão construindo sua comunicação e expandindo seu público-alvo com criadores de conteúdo.

O marketing de influenciadores é uma maneira poderosa de se conectar e envolver com públicos-alvo, proporcionando um nível de autenticidade e confiança difícil de alcançar por meio de canais de publicidade tradicionais. No entanto, como o caso de Astrid Wett e Festival Free Bets ilustra, é crucial para influenciadores e empresas de iGaming navegarem cuidadosamente pelo cenário regulatório para garantir atividades promocionais responsáveis e em conformidade. O futuro do marketing de influenciadores no setor de iGaming certamente continuará a evoluir, moldado por desenvolvimentos regulatórios, tendências de mercado e as estratégias inovadoras de influenciadores e empresas.

Share it :

Recomendado para você
Lea Hogg
há 6 horas
Christine Denosta
há 8 horas
Christine Denosta
há 9 horas
Lea Hogg
há 13 horas