Entendendo a nova norma sobre as mudanças regulatórias no setor de iGaming da Dinamarca

Lea Hogg há 1 mês
Entendendo a nova norma sobre as mudanças regulatórias no setor de iGaming da Dinamarca

A Autoridade de Jogo da Dinamarca (DGA) introduziu recentemente uma série de requisitos revisados para os licenciados no setor de iGaming, marcando uma mudança significativa no cenário regulatório da jurisdição. Essas mudanças, inicialmente anunciadas em 24 de maio, serão implementadas em 2025, indicando um esforço concentrado para refinar e aprimorar as práticas regulatórias dentro da próspera indústria de iGaming da Dinamarca.

Embora a data exata de aplicação ainda não tenha sido determinada, a DGA está recomendando um período de transição para acomodar essas mudanças. Os detalhes desse período serão divulgados juntamente com a versão final dos requisitos atualizados, após um período de consulta destinado a coletar feedback e percepções das partes interessadas.

Implicações para os operadores

Embora os operadores enfrentem, sem dúvida, desafios para se adaptar a esses novos requisitos, as mudanças são geralmente vistas como um passo positivo para aumentar a transparência e a precisão no setor. O apelo aberto da DGA por feedback também indica uma abordagem colaborativa, permitindo que os operadores participem da implementação final dessas regras.


Novas DiretrizesO que os operadores precisarão fazer
✅ Relatórios DetalhadosFornecer relatórios detalhados sobre as odds para atividades de apostas, incluindo
requisitos específicos para apostas parcialmente fechadas e spread betting.
✅ Identificação de JogadoresDs de jogadores obrigatórios – a isenção para informações de identificação de jogadores
em relatórios de apostas em estabelecimentos físicos foi removida.
✅ Apostas de Odds FixasTodas as apostas de odds fixas devem agora ser reportadas como transações
independentes, garantindo relatórios detalhados semelhantes a outros tipos de apostas.
✅ Oportunidade de Feedback Abordagem colaborativa entre regulador e operadores é incentivada na abordagem
para a implementação final dessas regras
✅ Transparência AprimoradaNovos reguladores aumentarão a transparência e precisão no setor de iGaming,
marcando um passo positivo em direção a um ambiente regulatório mais robusto.
Fonte: SiGMA

Os operadores deverão fornecer relatórios detalhados sobre as odds para atividades de apostas, incluindo requisitos adicionais específicos para apostas parcialmente fechadas e spread betting. As novas regras também esclarecem o tratamento das exchanges de apostas, onde ambos os lados de todas as apostas devem ser relatados.

Nas versões anteriores dos requisitos da DGA, informações de identificação de jogadores não eram necessárias para relatórios de apostas em estabelecimentos físicos. No entanto, essa isenção foi removida com a introdução de IDs de jogadores obrigatórios. Além disso, novos requisitos foram incluídos para fornecer dados de teste para jackpots. Os procedimentos para corrigir dados relatados são muito claros, distinguindo especificamente entre alterações no resultado do jogo e correção de erros de relatório.

Reação dos operadores

A resposta dos operadores aos novos requisitos introduzidos pela DGA foi variada. O convite aberto do regulador para o diálogo sugere que os operadores estão ativamente contribuindo para essa mudança e terão a oportunidade de expressar suas preocupações e sugestões.

No entanto, a introdução dessas novas regras representa um desafio significativo para os operadores. A necessidade de dados mais detalhados e o requisito de relatar cada aposta como uma transação separada provavelmente exigirão ajustes consideráveis em suas operações atuais. A remoção da isenção anterior para apostas em estabelecimentos físicos, que permitia aos operadores excluir informações de identificação de jogadores, também representa uma mudança notável.

Apesar desses desafios, os novos requisitos são vistos como um progresso necessário para aumentar a transparência e a precisão dos relatórios. Eles visam aprimorar os métodos regulatórios atuais dentro da indústria de jogos de azar da Dinamarca. Os esforços da DGA para melhorar a supervisão regulatória e garantir a precisão dos relatórios foram reconhecidos como um padrão louvável para outros reguladores de jogos de azar globais.

No entanto, o ambiente regulatório complexo torna a Dinamarca uma jurisdição difícil para os operadores prosperarem. A ênfase da DGA na supervisão e regulamentação, embora benéfica para a integridade da indústria, pode apresentar desafios operacionais e de conformidade para os operadores.

Transparência e responsabilidade aprimoradas

Os requisitos atualizados de relatórios reduzirão significativamente os riscos operacionais e reputacionais. Por exemplo, várias alterações na linguagem usada para definir certos tipos de apostas visam proporcionar maior clareza e precisão.

Uma das diretrizes principais nos novos requisitos é a exigência de que todas as apostas de odds fixas sejam relatadas como transações independentes. Esse movimento visa garantir que essas atividades sejam relatadas com o mesmo nível de detalhe que outros tipos de apostas. Todas as transações relacionadas a apostas de odds fixas, incluindo colocação de apostas, ganhos, perdas e cancelamentos, agora devem ser registradas usando um dos dois tipos padrão de registros: um para transações e outro para ganhos.

Na esteira dessas novas regras, os licenciados também serão obrigados a relatar cada aposta em uma combinação de apostas – dupla, tripla ou acumulada – como uma transação separada. Esse requisito se estende às apostas tradicionais de odds fixas, apostas em esportes virtuais e apostas em exchanges. Além dos relatórios detalhados de transações, os detentores de licenças serão obrigados a compilar dados resumidos de suas operações para serem submetidos diariamente. Espera-se que esse movimento aumente a transparência e a responsabilidade dentro do setor. A documentação atualizada também inclui esclarecimentos sobre vários tipos de jogos de pôquer e como eles devem ser relatados, proporcionando aos operadores uma compreensão mais clara de suas obrigações de relatório. Com essas mudanças no horizonte, operadores e outras partes interessadas são incentivados a enviar seus feedbacks sobre essas propostas através do formulário de contato da DGA até 10 de junho de 2024.

Após o término do período de consulta, espera-se que a DGA estabeleça cronogramas para um possível arranjo de transição e defina a data final para a implementação dessas mudanças, prevista para algum momento em 2025. Isso marcará um novo capítulo na evolução do setor de iGaming na Dinamarca, com os requisitos atualizados criando um ambiente regulatório mais robusto e transparente.

Share it :

Recomendado para você
Júlia Moura
há 11 horas
Lea Hogg
há 14 horas
Shirley Pulis Xerxen
há 16 horas
Christine Denosta
há 16 horas