Better Collective anuncia a aquisição da Playmaker Capital por € 176 milhões

Lea Hogg há 2 meses
Better Collective anuncia a aquisição da Playmaker Capital por € 176 milhões

A Better Collective, a afiliada líder na indústria de apostas esportivas, recebeu a aprovação dos acionistas da Playmaker Capital para a aquisição da empresa por € 176 milhões. Este acordo posiciona a Better Collective como líder de mercado na América do Sul e fortalece sua posição na América do Norte.

A aprovação foi concedida em uma Assembleia Geral Extraordinária realizada em 22 de janeiro, onde 99,9% dos acionistas votaram a favor do acordo. Este resultado era esperado, pois 49,8% do capital acionário da empresa é de propriedade de diretores, executivos e determinados acionistas que já haviam expressado seu consentimento.

A aquisição, prevista para ser concluída em fevereiro, colocará a Better Collective como líder de mercado na América Latina, ao mesmo tempo em que fortalece sua posição no mercado dos EUA.

A Playmaker Capital relatou € 55 milhões em receita e € 15 milhões em EBITDA no período de 12 meses em seu relatório financeiro do terceiro trimestre. O portfólio da empresa inclui marcas de mídia esportiva como The Nation Network, Futbol Sites e Yardbarker. Além disso, a Playmaker é proprietária da Wedge, uma operadora de marketing de afiliados adquirida em 2022.

Comentário do CEO

O cofundador e CEO da Playmaker Capital, Jordan Gnat, expressou sua empolgação com a aquisição. Ele afirmou que o acordo é transformador para a Playmaker e seus acionistas, levando a empresa para o próximo nível. Ele também destacou a alinhamento da visão da Better Collective em se tornar o principal grupo de mídia esportiva digital com os objetivos da Playmaker.

A Better Collective tem como meta reduzir o valor empresarial (Enterprise Value) em relação ao EBITDA pós-integrado até 2026 para menos de 5 vezes. Isso contrasta com o múltiplo implícito de EV/EBITDA da aquisição, que é de 11,7 vezes, conforme revelado por documentos financeiros de acesso público. A empresa planeja atingir essa meta por meio da ampliação de sua escala, aumento significativo nos investimentos em produtos, tecnologia e marketing, busca por sinergias operacionais através de racionalização e aprimoramento contínuo do portfólio. Toda essa ação incluirá a implementação de estratégias de marketing orientadas ao desempenho em todas as áreas do negócio.

Progresso da aquisição da Action Network pela Better Collective

Esta aquisição é a segunda maior da Better Collective, depois da compra da Action Network por US$ 240 milhões.

Em uma reviravolta recente, Patrick Keane, CEO da Action Network, anunciou sua saída da empresa. Apesar disso, ele destacou o crescimento contínuo da empresa pós-aquisição. Da mesma forma, espera-se que a equipe de liderança da Playmaker permaneça em seus cargos para orientar o crescimento futuro da empresa.

Keane expressou orgulho pelo que a equipe da Action Network construiu durante seu mandato como CEO. Ele observou que, enquanto dois terços das aquisições corporativas são consideradas malsucedidas, a Better Collective contrariou essa tendência com um ativo de mídia digital rentável e em crescimento na Action Network.

Quando a Better Collective adquiriu com sucesso a Action Network no início do verão de 2021, a receita da Action nos 12 meses que antecederam a venda ultrapassou US$ 20 milhões. Vale ressaltar que esse intervalo de tempo abrangeu diversos meses marcados pelo impacto total da pandemia de COVID-19. De acordo com um e-mail interno do CEO da Better Collective da América do Norte, Marc Pedersen, o rápido crescimento continuou e as receitas mais do que dobraram desde então. Keane deixa para trás uma organização de alto desempenho e rápido crescimento.

Patrick Keane atuou como CEO por cinco anos, incluindo durante o período que antecedeu a venda para a Better Collective.

A Better Collective A/S (BETCO.ST) está sendo negociado a SEK 261,00, um aumento de 0,38%.

Artigos relacionados:

Atenção: A próxima Conferência SiGMA Eurásia ocorrerá em Dubai entre 25 e 27 de fevereiro!

Fusões e aquisições: Better Collective adquire Tipsbladet, com sede em Copenhague

Fusões e aquisições: Better Collective adquire plataforma de mídia esportiva brasileira

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
Lea Hogg
há 1 dia