BlueBet e Betr, uma fusão estratégica

Lea Hogg há 1 mês
BlueBet e Betr, uma fusão estratégica

A tão esperada fusão entre a BlueBet, listada na ASX, e a Betr, de Matthew Tripp, foi finalizada, marcando uma mudança significativa no cenário das apostas na Austrália. A fusão, que estava em negociação há vários meses, foi confirmada recentemente pela BlueBet na ASX.

A fusão deve triplicar a base de clientes da BlueBet com menos de 35 anos e equipar a Betr com tecnologia superior. As duas empresas ainda não decidiram sobre um nome de marca unificado para sua joint venture, que está prevista para ser lançada antes do período de festival de corridas de primavera. Matthew Tripp, presidente da Betr (foto acima), que também preside o Melbourne Storm, verá seu consórcio, o Tripp Group, receber a maioria das ações da BlueBet. As duas empresas devem dar lucro no ano financeiro de 2025.

A fusão tem sido tema de especulação há quase um ano, com rumores intensificando-se no último mês. Essa especulação refletiu no preço das ações da BlueBet, que dispararam 20% para 30¢ antes de entrar em uma suspensão de negociação.

Nova era no mercado de apostas australiano

Michael Sullivan, chefe da BlueBet, acredita que a fusão permitirá à empresa competir de forma mais eficaz com concorrentes maiores, como Sportsbet, Entain e Pointsbet. Sullivan, que vendeu o SportingBet para a William Hill por US$ 660 milhões em 2013, expressou entusiasmo sobre as oportunidades de crescimento e sinergias que a fusão desbloqueará.

A fusão reúne dois pioneiros das apostas on-line na Austrália, combinando uma vasta experiência e inovação. Andrew Menz, CEO da Betr, ecoou os sentimentos de Sullivan, destacando os pesados investimentos da BlueBet em sua tecnologia e os potenciais benefícios para os clientes de ambas as empresas.

Apesar das perspectivas promissoras, a BlueBet enfrentou desafios, com o preço de suas ações caindo mais de 80% desde o seu lançamento na ASX em 2021. A empresa foi impactada pela maturação da indústria, aumento de impostos e custos crescentes.

As duas entidades devem se integrar à plataforma da BlueBet antes do período de festival de corridas deste ano. Sullivan permanecerá como presidente executivo até janeiro de 2025, momento em que Tripp assumirá o cargo de presidente. Menz se tornará CEO do novo negócio, enquanto Bill Richmond, da BlueBet, assumirá o cargo de COO.

Para financiar os custos da transação e o crescimento do negócio fundido, a BlueBet anunciou uma oferta pública de ações de US$ 20 milhões a 21¢ por ação. A fusão, apelidada de “o pior segredo guardado na história das apostas” por Andrew Orbach, da Taylor Collison, marca uma nova era no mercado de apostas australiano. O foco da nova entidade deve ser nas operações australianas, com uma revisão estratégica a ser realizada nas operações nos EUA.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 23 horas
Shirley Pulis Xerxen
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
Lea Hogg
há 1 dia