Legislação de crédito para jogos de Macau se aproxima de votação final em abril

Jenny Ortiz há 3 meses
Legislação de crédito para jogos de Macau se aproxima de votação final em abril

O legislador de Macau, Chan Chak Mo, revelou na terça-feira que as propostas de emendas à lei de crédito para jogos estão programadas para passar por uma votação final na Assembleia Legislativa (AL) em abril, marcando um avanço significativo na reforma regulatória.

Originalmente introduzido pelo Conselho Executivo em 2023, o projeto de lei busca estabelecer um quadro legal abrangente que regula a concessão de crédito associado a jogos de azar, visando aprimorar a supervisão e a responsabilidade dentro da indústria.

Regulamentações sobre a Extensão de Crédito

Sob a legislação iminente, a extensão de crédito será restrita exclusivamente a operadores de jogos licenciados, reforçando as regulamentações nesse aspecto da indústria para mitigar riscos potenciais e garantir práticas de jogo responsáveis.

Papel das Agências de Crédito

As operadoras de agências de crédito terão seu papel redefinido, sendo autorizadas exclusivamente a atuar como agentes para os operadores de cassino mediante acordos contratuais. Elas se concentrarão principalmente na aquisição e recepção de hóspedes, uma medida destinada a otimizar as operações e a responsabilidade.

Supervisão Regulatória

A legislação concede poderes às autoridades de Macau para revisar e aprovar parcerias entre concessionárias de jogos e agências de crédito, garantindo conformidade com padrões legais e interesses públicos, sinalizando um foco intensificado na supervisão regulatória.

Além disso, o governo obtém autoridade para exigir modificações nos contratos de agências, alinhando-os aos princípios legais e ao bem-estar público, refletindo uma postura proativa em relação à proteção da integridade da indústria e à proteção do consumidor.

Oposição e Consideração

Apesar do progresso, surgiu oposição, especialmente de um grupo de operadoras de agências de crédito que expressaram discordância por meio de uma carta formal.

Suas preocupações, que advogam pela preservação das capacidades de extensão de crédito, estão sob análise do governo, enfatizando os impactos potenciais na receita tributária.

SiGMA Americas

Share it :

Recommended for you
Lea Hogg
há 10 horas
Júlia Moura
há 11 horas
Garance Limouzy
há 13 horas
Lea Hogg
há 14 horas