Resort cassino no Japão está com inauguração marcada para 2030

Lea Hogg há 1 mês
Resort cassino no Japão está com inauguração marcada para 2030

O primeiro resort integrado com cassino no Japão, o Osaka, recebeu aprovação total e deu início à fase de construção. Este projeto é liderado pela gigante do cassino dos EUA, MGM Resorts International, em colaboração com a Orix, uma empresa japonesa de serviços financeiros.

O Japão, um país conhecido por sua rica história e avanços tecnológicos, agora volta sua atenção para um novo empreendimento no setor de cassinos. Em um esforço para impulsionar o turismo e revigorar sua economia, o Japão embarcou em uma jornada para introduzir Resorts Integrados (IRs), uma combinação de cassinos, hotéis, salas de conferências e instalações de entretenimento.

A joint venture recebeu aprovação das autoridades em abril de 2022, com a previsão da data de abertura ainda a ser determinada. No entanto, todas as partes envolvidas têm como objetivo ter o resort operacional até 2030.

No entanto, antes que o jogo possa ser permitido em solo japonês, são necessárias mudanças significativas nas rigorosas leis de jogo do Japão. Apesar da popularidade dos cassinos on-line entre os jogadores japoneses, é improvável que quaisquer alterações incluam a legislação de cassinos on-line. A introdução dos Resorts Integrados (IRs) visa atrair uma audiência global, aumentar o turismo e estimular o crescimento econômico. A legalização desses resorts não tem sido fácil devido a debates legislativos, ceticismo público e preocupações com questões sociais como o vício em jogos de azar.

O Resort Cassino de Osaka, no Japão, está pronto para enfrentar uma forte concorrência no mercado asiático. Os principais players incluem resorts integrados estabelecidos em Cingapura, como Marina Bay Sands e Resorts World Sentosa. No entanto, sendo o primeiro do tipo no Japão, o Resort Cassino de Osaka possui uma vantagem única. Ele atenderá a um mercado doméstico que até agora permaneceu inexplorado, e sua novidade pode atrair um número significativo de turistas internacionais também.

Forte concorrência do mercado asiático

Apesar da competição acirrada no mercado de resorts de cassino asiático, o Resort Cassino de Osaka ocupa uma posição distinta como pioneiro no Japão. Seu sucesso dependerá de sua capacidade de aproveitar a vantagem de ser o pioneiro, oferecer uma experiência de jogo de nível mundial e manter o compromisso do Japão com altos padrões na indústria de jogos.

Apesar desses obstáculos, os defensores da iniciativa argumentam que os IRs podem contribuir significativamente para a revitalização econômica, inspirados em modelos bem-sucedidos em Cingapura e Macau. Em 2018, o Japão promulgou a Lei de Implementação de IR, que abriu caminho para o desenvolvimento de Resorts Integrados e marcou um ponto de virada na adoção do país ao turismo de cassino como um impulsionador importante da recuperação econômica. A lei estabeleceu regulamentações rigorosas para operar IRs e enfatizou fortemente medidas para prevenir danos relacionados ao jogo. Várias cidades no Japão têm competido para sediar Resorts Integrados desde a promulgação da lei. O processo de seleção visa identificar os locais mais promissores para esses empreendimentos lucrativos.

Osaka surgiu como o principal candidato e garantiu um acordo para abrir seu Resort Integrado até 2030. Essa decisão coloca a região à frente da estratégia de expansão econômica e turística do Japão. Com a economia local enfrentando desafios e os preços em alta globalmente, a questão crucial era quem financiaria o projeto. Após meses de negociações e projeções, as partes chegaram a um acordo. A MGM Resorts arcará com 40% dos custos, a Orix Corp ficará responsável por outros 40%, e um consórcio de empresas locais menores cobrirá os restantes 20%. A elevação dos custos causou alguns contratempos no projeto, levando a equipe a concordar com um novo orçamento logo no início. Para revitalizar o projeto do Resort Integrado, a MGM comprometeu-se a investir US$ 8,5 bilhões, US$ 1,3 bilhão a mais que o custo estimado de JPY 1,08 trilhão (US$ 7,2 bilhões). Essa significativa ampliação destaca a amplitude financeira expandida do projeto.

O próximo passo crucial para o Osaka IR é obter uma licença do governo central do Japão. Alcançar esse marco colocará o CEO Bill Hornbuckle e os colaboradores japoneses da MGM em um caminho claro para lançar o primeiro Resort Integrado do país. O Osaka Integrated Resort (IR) está atualmente em construção na Ilha Artificial de Yumeshima. Esse local foi escolhido por seu potencial em acomodar o desenvolvimento em larga escala e atrair turistas de todo o mundo. Conforme o projeto avança, a ilha está sendo preparada para sediar o que se espera ser uma conquista emblemática na indústria turística do Japão.

O Plano do Resort Cassino Osaka 2030 representa um avanço significativo para a indústria turística japonesa.

Ao abraçar o potencial dos Resorts Integrados, o Japão se posiciona como um grande player no mercado global de turismo de cassinos. À medida que o país se prepara para a abertura do primeiro Resort Integrado, o mundo observa com expectativa para ver como essa iniciativa audaciosa transformará o cenário turístico do Japão. Conforme o Japão entra nesta nova era, o Osaka Casino Resort não é apenas uma aposta; é uma declaração de intenções, um testemunho do espírito inovador do Japão e um farol para seu futuro no cenário global de jogos.

————-Atenção! A próxima conferência SiGMA Eurásia acontecerá em Dubai entre 25 – 27 de fevereiroA próxima conferência SiGMA África acontecerá na Cidade do Cabo entre 11-13 de marçoA quarta edição da SiGMA Eurásia será realizada novamente no InterContinental Dubai Festival City. Entre 25 e 27 de fevereiro de 2024, a conferência oferecerá oportunidades inestimáveis para os participantes fazerem networking com profissionais da indústria, terem contato com as últimas tecnologias e inovações do setor, se encontrarem com os principais tomadores de decisão e obterem insights sobre novos mercados. A SiGMA África começa em Cape Town, África do Sul, em 11 de março. Construído sobre o sucesso da sua edição inaugural em Nairóbi, Quênia, em janeiro de 2023, o Grupo SiGMA reconhece a necessidade de promover a colaboração e inovação dentro da indústria.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 2 dias
Jenny Ortiz
há 2 dias
Lea Hogg
há 2 dias
Lea Hogg
há 2 dias