Fusões e Aquisições: Magnata global dos jogos, Dr. Miriam Adelson, buscará aquisição de franquia esportiva

Lea Hogg há 4 meses
Fusões e Aquisições: Magnata global dos jogos, Dr. Miriam Adelson, buscará aquisição de franquia esportiva

A Dra. Miriam Adelson, proeminente acionista majoritária da Las Vegas Sands Corp, planeja realizar uma venda de ações no valor de US$ 2 bilhões, equivalente a aproximadamente 10% de sua participação. Essa significativa transação visa facilitar sua aquisição de uma franquia esportiva profissional, alinhando-se aos seus interesses comerciais em evolução.

A Las Vegas Sands Corp (LVS), conhecida por sua presença global no setor de jogos, incluindo o icônico Marina Bay Sands de Cingapura e uma participação majoritária na Sands China Ltd de Macau, divulgou oficialmente a proposta de oferta pública secundária pela Dra. Adelson e pelo The Miriam Adelson Trust. Embora a LVS tenha esclarecido que não receberá nenhum valor proveniente da venda de ações, a empresa planeja recomprar até US$ 250 milhões das ações oferecidas. Essa ação faz parte da iniciativa mais ampla da LVS de recomprar um total de US$ 2 bilhões de suas próprias ações até 2025.

A participação de Adelson na LVS vale US$ 20 bilhões

O prospecto revela que a LVS prevê adquirir 5.148.270 ações a um preço de US$ 48,56 por ação. Além disso, a empresa declarou: “Fomos informados pelos vendedores de ações que eles atualmente pretendem usar os recursos líquidos desta oferta, juntamente com fundos adicionais em caixa, para financiar a compra de uma participação majoritária em uma franquia esportiva profissional, nos termos de um contrato de compra vinculativo, sujeito às aprovações habituais da liga.”

Ela herdou a Las Vegas Sands em 2021

A Dra. Adelson, viúva do falecido magnata dos cassinos Sheldon Adelson, herdou sua participação na Las Vegas Sands após seu falecimento em 2021, acumulando uma fortuna significativa estimada em US$ 32,8 bilhões em ações e capital até novembro de 2023, tornando-a a quinta mulher mais rica dos Estados Unidos.

A proposta de desinvestimento de US$ 2 bilhões representa aproximadamente 10% da participação da família na Las Vegas Sands. A oferta de ações compreende 46.264.168 ações a US$ 44,0 por ação, totalizando US$ 2,04 bilhões, com a Sands se comprometendo a recomprar 5.783.021 ações por US$ 250 milhões.

A Las Vegas Sands, um jogador importante no mercado de cassinos físicos asiáticos e um dos cinco concessionários de Macau, possui uma capitalização de mercado de US$ 36,44 bilhões. Apesar dos desafios enfrentados durante o período de zero casos de Covid na China, a empresa se recuperou no terceiro trimestre de 2023, com uma receita líquida de US$ 2,8 bilhões, refletindo um notável aumento de 178% ano a ano, e um lucro líquido de US$ 449 milhões em comparação com uma perda de US$ 380 milhões no terceiro trimestre de 2022.

Apesar da falta de detalhes sobre a franquia esportiva almejada, esse desenvolvimento representa um passo significativo na ambiciosa jornada comercial da Dra. Adelson. Atualmente, ela detém uma participação de 56% na LVS, avaliada em cerca de US$ 20 bilhões. Essa participação foi em grande parte herdada após o falecimento do fundador da LVS, Sheldon Adelson, em 2021. A Dra. Miriam Adelson continua a moldar a indústria global de jogos.

A oferta de ações está prevista para ser concluída em 1 de dezembro de 2023.

Artigos relacionados:

Cofundadores da EBET e BtoBet iniciam ação legal contra a Aspire Global (sigma.world)

Desafios da Entain à medida que o Goldman Sachs rebaixa ações – SigmaPlay

Ambicioso resort de US$ 2,2 bilhões no Vietnã, em Van Don, ganha impulso (sigma.world)

Share it :

Recommended for you
Jenny Ortiz
há 3 dias
Júlia Moura
há 3 dias
Júlia Moura
há 3 dias
Lea Hogg
há 3 dias