Macau aprova projeto de lei sobre jogos ilegais em primeira leitura

Jenny Ortiz há 1 mês
Macau aprova projeto de lei sobre jogos ilegais em primeira leitura

Os membros da Assembleia Legislativa de Macau aprovaram, em primeira leitura, o projeto de lei contra jogos de azar ilegais.

O projeto de lei intitulado “Lei de Combate aos Crimes de Jogo” foi apresentado no ano passado na tentativa de conter a influência criminosa na indústria de jogos.

Apoiado pelas autoridades na Região Administrativa Especial da China, o projeto de lei visa atualizar o Regime de Jogos Ilegais existente, em vigor há quase três décadas.

Com 29 parlamentares votando a favor, a proposta apoiada pelo governo representa um passo significativo para lidar com preocupações relacionadas a infrações relacionadas ao jogo.

Esclarecimentos necessários no projeto de lei

Especialistas jurídicos especializados em jogos destacaram a importância de esclarecimentos para avaliar totalmente a eficácia e os objetivos subjacentes do projeto de lei.

O cerne da legislação proposta reside no aumento das penas de prisão máximas e no período de “detenção preventiva” para infrações ligadas ao jogo, abrangendo práticas como apostas clandestinas através do sistema “multiplicador”.

Além disso, o projeto de lei busca proibir a operação, promoção e organização de atividades de jogos de azar on-line, independentemente de sua localização de hospedagem.

Maioria dos parlamentares apoia o projeto de lei

Durante a sessão da assembleia, a maioria dos parlamentares expressou apoio ao projeto de lei.

No entanto, alguns levantaram dúvidas quanto à necessidade de estender os períodos de detenção pré-julgamento para crimes relacionados ao jogo e à implementação de investigações secretas pelas autoridades locais.

Em resposta, André Cheong Weng Chon, Secretário de Administração e Justiça de Macau, enfatizou a importância de medidas investigativas aprimoradas endossadas por agências de aplicação da lei para combater efetivamente infrações relacionadas ao jogo.

O próximo passo

O projeto de lei passará agora por uma análise minuciosa por um dos comitês de trabalho da assembleia.

Após a análise, recomendações para eventuais ajustes podem ser apresentadas. Posteriormente, o projeto de lei avançará para sua segunda e derradeira leitura perante a assembleia plenária.

SiGMA África – faltam apenas duas semanas!

Faltando menos de um mês para o tão aguardado evento SiGMA África, que começa na Cidade do Cabo, África do Sul, em 11 de março, a indústria de jogos está agitada e entusiasmada. Relembrando o sucesso da edição inaugural em Nairóbi, Quênia, em janeiro de 2023, a SiGMA África está se posicionando estrategicamente na vanguarda do cenário de jogos em expansão da África. Com o mercado do continente pronto para um crescimento exponencial, impulsionado por um ecossistema digital em rápida evolução e conectividade móvel crescente, o Grupo SiGMA reconhece a necessidade de fomentar a colaboração e a inovação na indústria. Ao reunir principais interessados e visionários em jogos, a SiGMA visa catalisar o progresso e impulsionar a África para uma nova era de prosperidade e oportunidade. À medida que a contagem regressiva para o evento começa, a expectativa aumenta para o que promete ser um encontro marcante de entusiastas e inovadores de jogos na vibrante Cidade do Cabo.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 4 horas
Júlia Moura
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia