Equipe Red Bull de F1 comemora enquanto Christian Horner é absolvido de investigação

Lea Hogg há 1 mês
Equipe Red Bull de F1 comemora enquanto Christian Horner é absolvido de investigação

Christian Horner, o chefe da equipe Red Bull, é absolvido após uma investigação interna sobre alegações de comportamento inadequado e controlador em relação a uma colega do sexo feminino. As alegações, que vieram à tona em 5 de fevereiro, pairaram sobre a equipe de Fórmula 1 como uma nuvem, no entanto, o escritório central da Red Bull, na Áustria, confirmou agora que Horner foi inocentado.

A investigação foi iniciada após as alegações contra o homem de 50 anos tornarem-se públicas. Horner, que lidera a Red Bull desde 2005, negou veementemente as acusações desde o início. Apesar da controvérsia, ele continuou a desempenhar seu papel, inclusive supervisionando o lançamento do novo carro de Fórmula 1 da Red Bull em 15 de fevereiro.

A investigação, que durou oito semanas, foi descrita como “justa, rigorosa e imparcial” por um porta-voz da Red Bull. A empresa não divulgou detalhes das alegações ou da investigação, citando respeito por todas as partes envolvidas. A declaração também observou que o reclamante tem o direito de apelar.

A decisão de inocentar Horner foi tomada após uma reunião do conselho de diretores da Red Bull. A empresa, que é de propriedade de 51% da família Yoovidhya da Tailândia e 49% da família do falecido Dietrich Mateschitz na Áustria, reiterou seu compromisso em manter os mais altos padrões no local de trabalho.

Triunfo para a Red Bull e retorno à excelência nas corridas

A conclusão da investigação marca um momento significativo para o esporte. O heptacampeão mundial Lewis Hamilton a descreveu como um “momento realmente importante para garantir que permaneçamos fiéis aos nossos valores”. Ele enfatizou a necessidade de o esporte e seu ambiente serem seguros e inclusivos, e para que quaisquer alegações sejam levadas muito a sério.

A absolvição de Horner também traz alívio para a Red Bull, que tem sido uma força dominante na Fórmula 1 desde que Horner assumiu o comando. Sob sua liderança, a equipe conquistou sete campeonatos de pilotos e seis campeonatos de construtores. Em 2023, a Red Bull teve uma temporada recorde, vencendo 21 das 22 corridas, enquanto Max Verstappen conquistou seu terceiro título mundial.

Horner, que foi nomeado CBE na lista de Honras do Ano Novo no ano passado, foi fundamental para o sucesso da Red Bull. Ele competiu como piloto quando jovem, mas se aposentou aos 25 anos para se concentrar na gestão de uma equipe de F1. Sua visão e liderança foram cruciais para moldar o legado da Red Bull no esporte.

À medida que este capítulo se encerra, o foco agora volta para a pista. Com a questão da investigação dissipada, a Red Bull e Horner agora podem se concentrar na próxima temporada e em sua contínua busca pela excelência na Fórmula 1.

————-Atenção: A próxima conferência SiGMA África acontecerá na Cidade do Cabo entre 11-13 de março O evento SiGMA Africa começará na Cidade do Cabo, África do Sul, em 11 de março. Construído sobre o sucesso de sua edição inaugural em Nairóbi, Quênia, em janeiro de 2023, o Grupo SiGMA reconhece a necessidade de promover a colaboração e inovação dentro da indústria.

Share it :

Recommended for you
Lea Hogg
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia