Por que Disney, Fox e Warner Bros. Discovery estão apostando alto no streaming

Lea Hogg há 1 mês
Por que Disney, Fox e Warner Bros. Discovery estão apostando alto no streaming

Três gigantes da mídia – Disney, Fox e Warner Bros. Discovery – revelaram planos para lançar um novo serviço de streaming esportivo. Essa empreitada, que pegou os executivos da NFL de surpresa, poderia potencialmente incluir mais da metade dos direitos esportivos dos Estados Unidos.

A notícia, primeiramente divulgada por Joe Flint do The Wall Street Journal, tem sido envolta em sigilo. O projeto, codinomeado de forma apropriada como “Raptor”, representa uma mudança significativa em direção ao futuro da transmissão esportiva – o streaming.

Uma mudança sísmica está em andamento. Enquanto a National Football League se preparava para o Super Bowl deste ano, o anúncio enviou ondas de choque pela indústria.

Futuro da transmissão esportiva

Conforme Flint explica, esses gigantes da mídia estão tentando se adaptar a um cenário em mudança, onde o crescimento de assinantes de TV a cabo está diminuindo, levando a uma redução na receita de assinantes e anunciantes. A mudança para o streaming não é apenas uma tendência, mas uma necessidade. Para muitos fãs, a experiência de assistir a esportes tornou-se uma navegação complexa por vários canais e plataformas. Desde o futebol americano de quinta-feira da Amazon até o beisebol e o futebol de sexta-feira da Apple, encontrar o jogo certo na plataforma certa pode ser um desafio. E com as assinaturas de TV a cabo diminuindo, as redes esportivas como a ESPN, de propriedade da Disney, estão sentindo a pressão.

Apesar de ter várias plataformas, incluindo ESPN2 e ESPN News, a ESPN está lidando com a queda na audiência e na receita publicitária devido ao corte de cabos, aumento das taxas de direitos e crescentes custos de programação. A decisão de criar um novo serviço de streaming é, de muitas maneiras, uma jogada estratégica para enfrentar esses desafios e garantir o futuro da transmissão esportiva.

O recém-lançado serviço de streaming representa uma aposta expressiva no futuro da transmissão esportiva. Ao consolidar os abrangentes direitos esportivos detidos pela Disney, Fox e Warner Bros. Discovery, esse serviço tem o potencial de oferecer aos fãs uma plataforma única para desfrutar de seus esportes favoritos. Isso não apenas simplificaria a experiência de visualização para os aficionados, mas também garantiria uma fonte contínua de receita para as empresas de mídia. Entretanto, o êxito desse empreendimento dependerá de vários elementos, incluindo a formulação de uma estratégia de precificação eficiente, a obtenção dos direitos esportivos desejados e a capacidade de proporcionar uma experiência de streaming de alta qualidade e confiável.

As grandes corporações de mídia também enfrentarão o desafio de persuadir os entusiastas a adicionarem mais uma assinatura à sua já extensa lista de serviços de streaming. Em síntese, o anúncio do novo serviço de streaming esportivo da Disney, Fox e Warner Bros. Discovery representa um marco significativo na evolução da transmissão esportiva. Esse movimento reflete o reconhecimento da indústria quanto à crescente importância do streaming e seu potencial para moldar o futuro das transmissões esportivas. À medida que o projeto avança, todas as atenções se voltarão para como ele enfrentará os desafios e aproveitará as oportunidades em meio ao cenário dinâmico da transmissão esportiva.

————-Atenção! A próxima conferência SiGMA Eurásia acontecerá em Dubai entre 25 – 27 de fevereiroA próxima conferência SiGMA África acontecerá na Cidade do Cabo entre 11-13 de marçoA quarta edição da SiGMA Eurásia será realizada novamente no InterContinental Dubai Festival City. Entre 25 e 27 de fevereiro de 2024, a conferência oferecerá oportunidades inestimáveis para os participantes fazerem networking com profissionais da indústria, terem contato com as últimas tecnologias e inovações do setor, se encontrarem com os principais tomadores de decisão e obterem insights sobre novos mercados. A SiGMA África começa em Cape Town, África do Sul, em 11 de março. Construído sobre o sucesso da sua edição inaugural em Nairóbi, Quênia, em janeiro de 2023, o Grupo SiGMA reconhece a necessidade de promover a colaboração e inovação dentro da indústria.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 2 dias
Jenny Ortiz
há 2 dias
Lea Hogg
há 2 dias
Lea Hogg
há 2 dias