Adotando ativos digitais: revolucionando soluções de pagamento no Oriente Médio

Shirley Pulis Xerxen há 1 mês
Adotando ativos digitais: revolucionando soluções de pagamento no Oriente Médio

O painel no último dia da SiGMA Eurásia 2024 analisará a profunda influência dos ativos digitais, especialmente stablecoins, no ecossistema de pagamentos da região. Moderado por Adam Levine, VP de Estratégia Corporativa na Fireblocks, a discussão do painel explorou os detalhes das moedas digitais, suas aplicações práticas e o potencial transformador que possuem tanto para empresas quanto para consumidores.

Desde a descrição da taxonomia de ativos digitais até os benefícios das stablecoins para transações comerciais, os painelistas abordaram as oportunidades e desafios inerentes a essa área. Com insights de Dave Pulis, Diretor na ZBX Crypto Exchange; Julian Goffin, Fundador e CEO na Lunulata; e Avishkar Sharma, Chefe de Parcerias – Ativos Digitais e Web3 na Checkout.com, a discussão foi além de especulações, oferecendo vislumbres tangíveis do futuro das finanças no Oriente Médio.

A discussão do painel fornece uma visão abrangente do papel dos ativos digitais, especialmente stablecoins, na transformação das soluções de pagamento, especialmente no contexto do Oriente Médio.

Taxonomia e Fundamentação

A discussão se inicia estabelecendo uma base sólida ao definir ativos digitais, englobando stablecoins, CBDCs e criptomoedas. Os participantes do painel destacam a importância de compreender essas distinções no contexto do atual sistema monetário.

Stablecoins para transações comerciais

Stablecoins, especialmente o USDT, são destacadas como ideais para transações comerciais devido à sua estabilidade e adequação para pagamentos transfronteiriços. Elas proporcionam um nível de conforto e eficiência, especialmente em regiões com moedas locais voláteis.

Benefícios de ativos digitais em pagamentos

Os painelistas enfatizam as vantagens de ativos digitais, como stablecoins, ao facilitar transações mais rápidas, menos arriscadas e mais baratas em comparação com os sistemas bancários tradicionais. Eles discutem o potencial para compensação T mais zero e redução na dependência de intermediários.

Desafios e ambiente regulatório

Apesar do potencial dos ativos digitais, os desafios regulatórios continuam sendo obstáculos significativos. Governos são cautelosos em relação à descentralização e sistemas financeiros alternativos, resultando em aumento na escrutínio e requisitos de conformidade, especialmente para transações relacionadas a criptomoedas.

Coexistência com moedas fiduciárias

Os painelistas preveem uma coexistência de ativos digitais e moedas fiduciárias no ecossistema de pagamentos. Enquanto os ativos digitais oferecem inovação e eficiência, as moedas fiduciárias continuam predominantes nas operações comerciais atuais. Uma transição gradual e aceitação regulatória são esperadas ao longo do tempo.

Evolução de longo prazo

O painel reconhece que a evolução dos ativos digitais e sua integração aos sistemas financeiros convencionais levará tempo. Eles fazem paralelos com o desenvolvimento gradual das moedas fiduciárias ao longo dos séculos e enfatizam a necessidade de paciência e apoio para o crescimento das tecnologias cripto.

No geral, a discussão destaca o potencial transformador dos ativos digitais, especialmente stablecoins, na revolução das soluções de pagamento, mas também destaca a importância da clareza regulatória e da adoção gradual para aceitação e integração generalizadas no cenário financeiro global.

SiGMA África – faltam apenas duas semanas!

Com menos de duas semanas até o tão aguardado evento SiGMA África na Cidade do Cabo, África do Sul, que acontecerá em 11 de março, a indústria de jogos está agitada e com expectativa. O Grupo SiGMA reconhece a necessidade de promover colaboração e inovação dentro da indústria. Ao reunir principais stakeholders e visionários em jogos, a SiGMA tem como objetivo catalisar o progresso e impulsionar África e Eurásia para uma nova era de prosperidade e oportunidade. À medida que a contagem regressiva para os eventos se inicia, a expectativa aumenta para o que promete ser dois encontros marcantes de líderes e pioneiros.

Share it :

Recommended for you
Lea Hogg
há 11 horas
Jenny Ortiz
há 12 horas
Júlia Moura
há 19 horas
Lea Hogg
há 1 dia