Explorando a interseção entre e-sports e apostas esportivas

Explorando a interseção entre e-sports e apostas esportivas

O último dia da SiGMA Europa 2023 contou com uma envolvente discussão em painel intitulada “Lições para e-Sports a partir de Apostas Esportivas – Explorando a Perspectiva de um Mercado Regulamentado”. Moderada por Ron Segev, sócio fundador da Segev, LLP, o painel aprofundou-se nos desafios e oportunidades enfrentados pela indústria de e-sports, estabelecendo paralelos com o mundo mais consolidado das apostas esportivas.

Os painelistas incluíam Oliver Niner, chefe de vendas da Pandascore, e Alexandre Martin, CEO da SKS365. O tema central da conversa girou em torno de compreender o que os e-sports podem aprender com o mundo das apostas esportivas tradicionais.

Segev deu início à discussão abordando uma percepção comum sobre as questões de equidade e integridade nos e-sports, comparando-as aos esportes tradicionais. Niner compartilhou sua experiência, reconhecendo a volatilidade inicial nos e-sports, mas afirmou que ela não é pior do que as incertezas históricas vividas em esportes como tênis ou futebol em seus estágios iniciais. Ele ressaltou a transformação do cenário, observando como os operadores estão se tornando mais proficientes em compreender o ecossistema dos e-sports.

Martin, baseando-se na experiência da indústria de apostas esportivas, enfatizou a importância da troca de dados entre os operadores para garantir a integridade. Ele destacou a necessidade de uma análise abrangente, incluindo comportamento dos jogadores e padrões de jogo, para identificar quaisquer anomalias. A conversa então se voltou para abordar preocupações dos reguladores sobre a integridade nos e-sports, com ambos os painelistas afirmando que os dados poderiam demonstrar que os problemas de integridade nos e-sports não são maiores do que nos esportes tradicionais.

O painel também abordou questões relacionadas à participação de menores nas apostas em e-sports. Martin enfatizou a responsabilidade dos operadores de controlar e monitorar atividades, especialmente em países com regulamentações rigorosas contra a promoção de jogos de azar para menores de 18 anos. Foi discutido o delicado equilíbrio entre atrair um público mais jovem, inerente aos e-sports, e aderir às práticas de jogo responsáveis.

A discussão se estendeu às características demográficas dos apostadores em e-sports. Martin destacou que o jogador de e-sports comum é geralmente mais jovem, enfatizando a forte conexão entre jogar os jogos, seguir jogadores profissionais em plataformas como o Twitch e, eventualmente, tornar-se um fã que aposta em suas equipes favoritas.

Quando questionado sobre os valores médios dos jogadores, Martin apontou que, embora o mercado de apostas em e-sports seja substancial, o gasto médio por jogador é menor do que nas apostas esportivas tradicionais. Niner acrescentou que a cautela é essencial ao incorporar novos produtos de e-sports, aconselhando os operadores a trabalharem com fornecedores confiáveis que compreendam este ecossistema.

No último segmento, os painelistas exploraram a sazonalidade dos e-sports. Niner observou variações entre diferentes títulos de e-sports, enfatizando a importância do planejamento e compreensão dos calendários de eventos para operações bem-sucedidas de apostas.

Ao concluir, tanto Niner quanto Martin forneceram conselhos valiosos para operadores que consideram entrar no mercado de apostas em e-sports. Martin advogou pela criação de uma vertente específica para os e-sports, claramente diferenciada dos esportes tradicionais, e destacou a importância de contar com profissionais especializados. Niner reforçou essa perspectiva, instigando os operadores a abraçarem plenamente os e-sports e a colaborarem com fornecedores especializados na oferta de produtos inovadores.

No encerramento, Niner enfatizou que os e-sports podem impulsionar a inovação para outros segmentos, desafiando os operadores a os enxergarem não como uma tendência passageira, mas como um setor dinâmico que exige atenção e recursos dedicados.

O painel da SiGMA Europa 2023 proporcionou uma exploração abrangente da interseção entre e-sports e apostas esportivas, esclarecendo as questões que tratam dos desafios e oportunidades dentro desta indústria em rápida evolução.

Junte-se a nós em Dubai entre 25 e 27 de fevereiro de 2024

A quarta edição da exposição SiGMA Eurásia será realizada novamente no InterContinental Dubai Festival City, proporcionando oportunidades inestimáveis para os participantes fazerem networking com profissionais do setor, terem contato com as últimas tecnologias e inovações no setor, encontrarem tomadores de decisões importantes e obterem insights sobre novos mercados. Encontre todos os detalhes aqui.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 7 horas
Júlia Moura
há 8 horas
Júlia Moura
há 11 horas
Shirley Pulis Xerxen
há 12 horas
Júlia Moura
há 14 horas
News Team
há 17 horas
Shirley Pulis Xerxen
há 17 horas
Jenny Ortiz
há 19 horas
Jenny Ortiz
há 21 horas
Jenny Ortiz
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
News Team
há 1 dia
Lea Hogg
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia
Júlia Moura
há 4 dias
Jenny Ortiz
há 4 dias
Jenny Ortiz
há 4 dias
Lea Hogg
há 4 dias
Jenny Ortiz
há 4 dias
Jenny Ortiz
há 4 dias
Júlia Moura
há 5 dias
Júlia Moura
há 5 dias
Jenny Ortiz
há 5 dias
Júlia Moura
há 5 dias
Jenny Ortiz
há 5 dias
Lea Hogg
há 5 dias
Jenny Ortiz
há 5 dias
Júlia Moura
há 6 dias
Jenny Ortiz
há 6 dias
Jenny Ortiz
há 6 dias
Shirley Pulis Xerxen
há 6 dias
Jenny Ortiz
há 6 dias
Jenny Ortiz
há 6 dias
Jenny Ortiz
há 1 semana