Decisão sobre licença de jogo da Imperial Pacific é adiada após proposta de acordo

Jenny Ortiz há 2 meses
Decisão sobre licença de jogo da Imperial Pacific é adiada após proposta de acordo

A Comissão de Cassinos do Commonwealth (CCC) das Ilhas Marianas do Norte anunciou o dia 22 de abril como prazo para chegar a um acordo de resolução com a Imperial Pacific International (IPI) sobre sua licença de jogo. Após extensas discussões, a CCC e o Gabinete do Procurador-Geral não conseguiram chegar a um acordo durante uma sessão de quatro horas.

Questões pendentes de dívidas  

A IPI enfrenta alegações de dever aproximadamente US$ 62 milhões (€ 57,7 milhões) em taxas de licença de cassino para o Commonwealth das Ilhas Marianas do Norte (CNMI), abrangendo quase quatro anos de taxas anuais. A incapacidade de resolver essa dívida intensificou as discussões sobre o destino da licença exclusiva de cassino da IPI.

De acordo com o Saipan Tribune, uma proposta de acordo sugere que a IPI pagaria um valor com desconto de US$ 6,8 milhões (€ 6,3 milhões) em suas taxas regulatórias não pagas de 2021, 2022 e 2023, juntamente com uma penalidade descontada de US$ 2 milhões (€ 1,8 milhões). Também pagará US$ 1,1 milhão (€ 1,02 milhão) em 1º de outubro para sua taxa regulatória de 2024, com os US$ 2 milhões (€ 1,8 milhões) restantes adiados até 30 de agosto de 2039. A licença da IPI foi suspensa em abril de 2021.

Se aceita, a proposta afirma que o CNMI não buscará emendar a legislação para permitir múltiplas licenças de cassino em Saipan, e a IPI retirará processos contra a CCC e o Governador Arnold Palacios.

O Saipan Tribune também citou o diretor da IPI, Howyo Chi, dizendo: “Esta é, essencialmente, nossa última tentativa de fazer isso dar certo. Se a IPI, por alguma razão, não cumprir qualquer um desses termos, não haverá mais chances. Será o fim.”

Deliberações adiadas

Os comissários da CCC adiaram as deliberações sobre a revogação da licença exclusiva de cassino da IPI, mencionando a dificuldade em alcançar um acordo de resolução. O Diretor Executivo Andrew Yeom enfatizou a importância de chegar a um acordo para a economia do CNMI e a indústria de jogos.

Complexidade jurídica dificulta o progresso

Apesar dos esforços para chegar a um acordo, as complexidades legais em torno da posição de dívida da IPI têm dificultado o progresso. Negociações de última hora revelaram que o acordo preliminar foi considerado legalmente insuficiente pelo escritório do Procurador-Geral, adicionando mais incerteza à situação.

O dia da decisão em 22 de abril determinará o destino da licença de jogo da IPI, com incertezas prevalecendo quanto ao resultado das negociações. Embora a comissão esteja propensa a um acordo, a possibilidade de revogação da licença permanece caso um acordo não seja alcançado.

Próximo evento da SiGMA: BIS SiGMA Américas 2024, saiba mais aqui.

Share it :

Recommended for you
Lea Hogg
há 2 dias
Jenny Ortiz
há 2 dias
Júlia Moura
há 3 dias
Shirley Pulis Xerxen
há 3 dias