Maioria dos residentes dos Emirados Árabes Unidos se opõe a discussões sobre cassinos, revela pesquisa

Jenny Ortiz há 1 mês
Maioria dos residentes dos Emirados Árabes Unidos se opõe a discussões sobre cassinos, revela pesquisa

A maioria dos residentes dos Emirados Árabes Unidos (EAU) se opõe à ideia de legalizar cassinos no país, de acordo com uma pesquisa conduzida pelo Dubai Casino, um veículo de mídia focado na potencial liberalização do jogo.

Com base nos resultados da pesquisa, apenas 29% dos 3.000 entrevistados são a favor da introdução de cassinos no país do Oriente Médio, enquanto 42% são contra a legalização.

Segundo os pesquisadores, aqueles que se manifestaram contrários à legalização de cassinos em Dubai estão preocupados com o possível conflito entre a cultura emiradense e a cena de jogos de azar.

Estabelecimento da Autoridade Reguladora de Jogos Comerciais dos EAU

Em setembro de 2023, o governo dos Emirados Árabes Unidos criou um órgão regulador comercial de jogos chamado Autoridade Reguladora Geral de Jogos Comerciais (GCGRA, na sigla em inglês).

Espera-se que a agência considere a legalização de resorts de cassino este ano.

A GCGRA recebeu a monumental tarefa de formular um arcabouço regulatório que regerá tanto a loteria nacional quanto o setor de jogos comerciais no país.

À frente da GCGRA está Jim Murren, ex-presidente e CEO da MGM Resorts International.

Murren sugeriu anteriormente permitir a construção de quatro cassinos em ou ao redor de Dubai.

Jogo permanece ilegal

O jogo ainda é proibido em Dubai e em todo os EAU. Também não é permitido no Islã, a religião oficial do país.

Atividades de jogo nos EAU são consideradas crime, e infratores podem enfrentar prisão por até dois anos e multas substanciais.

Organizadores de atividades de jogo enfrentam consequências ainda mais rigorosas, com pena de prisão de até dez anos.

Apoio minoritário aos cassinos

A pesquisa constatou que aqueles que apoiam a legalização de cassinos nos EAU acreditam que a medida poderia ter um impacto positivo na economia do país.

A maioria dos que apoiam a legalização de cassinos concorda que isso poderia impulsionar o turismo e gerar novas receitas fiscais.

Enquanto isso, um terço dos entrevistados sugeriu que apenas estrangeiros devem ser autorizados a apostar nos cassinos dos EAU.

SiGMA Eurásia e SiGMA África – falta menos de um mês!

Faltando menos de um mês para o tão aguardado evento SiGMA África, que começa na Cidade do Cabo, África do Sul, em 11 de março, a indústria de jogos está agitada e entusiasmada. Relembrando o sucesso da edição inaugural em Nairóbi, Quênia, em janeiro de 2023, a SiGMA África está se posicionando estrategicamente na vanguarda do cenário de jogos em expansão da África. Com o mercado do continente pronto para um crescimento exponencial, impulsionado por um ecossistema digital em rápida evolução e conectividade móvel crescente, o Grupo SiGMA reconhece a necessidade de fomentar a colaboração e a inovação na indústria. Ao reunir principais interessados e visionários em jogos, a SiGMA visa catalisar o progresso e impulsionar a África para uma nova era de prosperidade e oportunidade. À medida que a contagem regressiva para o evento começa, a expectativa aumenta para o que promete ser um encontro marcante de entusiastas e inovadores de jogos na vibrante Cidade do Cabo.

A quarta edição da SiGMA Eurásia será realizada novamente no InterContinental Dubai Festival City. Entre 25 e 27 de fevereiro de 2024, a conferência oferecerá oportunidades inestimáveis para os participantes fazerem networking com profissionais da indústria, terem contato com as últimas tecnologias e inovações do setor, se encontrarem com os principais tomadores de decisão e obterem insights sobre novos mercados.

Share it :

Recommended for you
Lea Hogg
há 1 dia
Júlia Moura
há 2 dias
Júlia Moura
há 2 dias
Lea Hogg
há 2 dias