Estrela da MLS envolvida em escândalo de apostas esportivas no Brasil

Content Team há 1 ano
Estrela da MLS envolvida em escândalo de apostas esportivas no Brasil

O escândalo dos jogos de azar atingiu mais uma vez o âmbito do mundo esportivo. Desta vez, atingindo até a associação de futebol. O jogador do Colorado Rapids, Max Alves, foi suspenso devido a uma investigação potencialmente ligada a atividades ilícitas de apostas esportivas.

O incidente em questão envolveu uma partida da MLS em que Alves recebeu uma punição na forma de cartão amarelo. Embora nenhuma instância acionável em uma partida seja insignificante, talvez este não tenha sido um evento verdadeiramente importante que poderia ter afetado o resultado do jogo, mas eventos que incluem reservas ainda são apostados no setor.

O Rapids divulgou esta declaração em relação à investigação:

“Estamos cientes dos relatórios sobre um jogador do Colorado Rapids em conexão com jogos de azar esportivos ilegais. Levamos assuntos dessa natureza a sério e procuramos sempre proteger a integridade do jogo. O jogador foi removido de todas as atividades da equipe enquanto a MLS conduz uma investigação sobre o assunto.”

Este assunto veio à tona em conexão com uma operação conduzida no início desta semana no Brasil, país sul-americano, que resultou em 16 indivíduos sendo acusados de manipulação de resultados. Dentro das fileiras de operações estavam 7 jogadores de futebol profissional.

Uma reportagem em um veículo brasileiro destacou os laços com Alves na medida em que a investigação o acusou de receber uma indenização da operação ilícita no valor de US$ 12.000 para cometer uma falta considerada digna de um cartão amarelo em uma partida disputada contra o LA Galaxy em 17 de setembro de 2022.

Talvez não incorretamente, muitos fãs do esporte acreditam que as apostas esportivas envolvendo atividades dentro do jogo são uma questão de grande importância. Esses problemas também se estenderam a muitos outros esportes e ligas à parte.

Situações como as do MLB e NFL só chegaram ao noticiário este ano, tornando-se um problema cada vez mais prevalente. A natureza lucrativa das apostas esportivas hoje é um assunto delicado, para dizer o mínimo, com vários fatores a serem considerados ao projetar uma solução viável.

Anteriormente de natureza imprópria, apostas esportivas e o jogo de azar em escala mais ampla passaram por uma importante limpeza, com regulamentação mais rigorosa sendo cumprida com vigor. Regulamentos que se concentraram na proteção dos jogadores, tanto de operadores desonestos quanto de jogos problemáticos, juntamente com medidas em vigor defendem a indústria de ser perpetrada por lavagem de dinheiro e ameaças terroristas.

No entanto, as apostas esportivas ainda não abalaram a percepção de impropriedade, mesmo com seus proponentes legais totalmente compatíveis e bem protegidos. Isso fica evidente nos patrocínios altamente lucrativos e nas parcerias perpetuadas em todos os esportes.

A questão reside em casos dessa natureza, em que a operação é ilícita por si só, sendo mal segurada, não licenciada e, portanto, em desacordo com os regulamentos, tanto no Brasil quanto nos EUA nessa circunstância. Alternativa ou adicionalmente, o envolvimento de qualquer insider esportivo, especificamente jogadores, não só constitui um crime completamente ilegal, mas também prejudica intransponivelmente a validade e ameaça a continuação da existência dos esportes altamente populares em questão.

Dick’s Sporting Goods Park, Commerce City, Colorado.

Trazer o jogo para o descrédito e ter os resultados das partidas competitivas predeterminados ou afetados de alguma forma pode significar o fim dessas entidades gigantes. A incerteza do resultado é o que dá vantagem ao esporte e protegê-lo é essencial para seu sucesso contínuo, especialmente no cenário do entretenimento que é cada vez mais pré-determinado e pré-gravado.

SiGMA Américas

SiGMA Américas chega ao Brasil em junho. Não perca o que promete ser um evento extraordinário, com riqueza de conhecimento de líderes do setor, percepções inovadoras e uma infinidade de oportunidades de networking.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
Júlia Moura
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia