Especialista em IA acredita que a sandbox da MGA combaterá o crime

Content Team há 1 ano
Especialista em IA acredita que a sandbox da MGA combaterá o crime

Alexiei Dingli, professor de inteligência artificial da Universidade de Malta, falando à Sigma News, disse “Quando a estrutura sandbox for implementada pela Malta Gaming Authority,  espera-se que ela tenha um impacto significativo na mitigação do crime por meio de sua capacidade de facilitar o desenvolvimento, teste e validação de sistemas inovadores de IA que aderem aos regulamentos de IA.”.

Estamos familiarizados com uma caixa de areia de criança, onde areia e brinquedos são mantidos em um recipiente. O termo ‘sandbox’, agora, foi emprestado para descrever um ambiente digital privado que permite analisar dados sem ceder controle. Com a abordagem de sandbox, cada aplicativo de software recebe um ecossistema controlado e restrito para executar o código.

Mitigação do Crime

O professor Dingli explica que outra oportunidade é a implementação da tecnologia de reconhecimento facial para a aplicação da lei. Ele acrescenta que “a sandbox garantirá seu uso de forma ética e em conformidade com os regulamentos.”

Professor Alexiei Dingli
Professor Alexiei Dingli

Além disso, a sandbox fornecerá uma plataforma para criação de diretrizes de melhores práticas e materiais de apoio. Isso garantirá que a IA não seja usada para fins criminosos, criando notícias falsas ou manipulando dados pessoais.

Também ajudará a mitigar o crime por meio da documentação e implementação de obrigações para provedores de sistemas de IA. Isso ajudará a garantir que o uso da IA seja transparente e responsável, reduzindo o potencial de atividade criminosa.

Segundo o professor, “a estrutura de sandbox de IA promoverá a facilitação do desenvolvimento, teste e validação de sistemas inovadores de IA, fornecendo diretrizes de melhores práticas e outros materiais de apoio.”

Contexto

Malta: Em 2018, a Malta Gaming Authority publicou detalhes sobre sua estrutura sandbox que facilitaria a aceitação de ativos financeiros virtuais e tokens virtuais e o uso de arranjos tecnológicos inovadores na indústria de jogos.  O quadro é dividido em duas fases. A primeira fase aceitaria aplicações para a utilização de ativos DLT como método de pagamento.  Na segunda fase, a sandbox estenderá os aplicativos para o uso de ITAs. Em comunicado de dezembro/2022, a MGA informou que a aplicabilidade do Sandbox Regulator Framework foi estendida para fevereiro/2023.

Reino Unido: Em colaboração com a cidade de Londres, a Financial Conduct Authority do Reino Unido concluiu recentemente um piloto chamado Digital Sandbox, que fornece acesso a dados e um ambiente de teste digital para ajudar empresas inovadoras a desenvolver uma prova de conceito.

Atualização Fintech

Em entrevista à SiGMA News, Dr. Joe Borg, um advogado especializado nos setores de Fintech e Gaming, explicou como a estrutura atrairá mais operadores e jogadores para a jurisdição de Malta.

O professor Alexiei Dingli dirige o Departamento de Inteligência Artificial da Faculdade de ICT da Universidade de Malta.

Share it :

Recommended for you
Júlia Moura
há 16 horas
Júlia Moura
há 17 horas
Shirley Pulis Xerxen
há 1 dia
Jenny Ortiz
há 1 dia